O Artista e o Marketing Pessoal

Postado por admin em janeiro 15th, 2009

artista“Muitas flores se destinam a florescer sem ver sua beleza apreciada por ninguém, e a perder seu doce perfume no ar do deserto”
- Thomas Gray

Nada pode catapultar um artista ao topo mais rapidamente do que sua habilidade de aprender e implementar as ações de Marketing Pessoal. O mundo artístico é essencialmente solitário. Cercado de aplausos e fama, o artista parece ao público um ser cheio de pessoas amigas ao redor e intimamente conectado ao mundo contemporâneo. Mas, a realidade é que para se ter sucesso é preciso mais que amigos, é preciso estratégias de Marketing e especificamente de Marketing Pessoal. Entretanto, o Marketing Pessoal e o artista trabalham em freqüências distintas e fazê-los se encontrar é uma tarefa desafiadora.

Resumidamente, marketing pessoal é toda ação que gera uma possibilidade de sucesso. Portanto, cabe ao artista desenvolvê-las com habilidade e aplicá-las dia após dia com consistência e determinação. Mas, não é raro vermos artistas em busca solitária por um sucesso que jamais ocorrerá sem que ele desenvolva sua capacidade de envolver pessoas em seus projetos, planos e sonhos. Curiosamente o artista é um materializador de ações e portanto, não deveria sofrer com a aplicação dessa fórmula. Contudo, ao olharmos à nossa volta, não é raro nos depararmos com verdadeiras multidões de talentos sem trabalho.

A primeira ação a desenvolver é criar mecanismos de descobrir onde estão e quais são as pessoas capazes de reconhecê-lo. Não estamos nos referindo ao público. Muitos perdem energia imaginando que se conseguirem conquistar o público primeiro então chamarão a atenção de algum patrocinador que lhes abra as portas do sucesso. Mas o público será o último a saber do seu talento. Primeiro é preciso encontrar a pessoa capaz de reconhecê-lo. E quem você está buscando? Você pode dividir em duas categorias: “reconhecedores” e influenciadores.

Você está buscando um patrocinador, produtor, diretor de teatro, cinema ou TV – as pessoas que podem reconhecer seu talento. Mas, considere a possibilidade que você não saiba quem são as pessoas que definem àquelas que irão participar de um projeto, quer seja um filme, uma peça de teatro, uma novela ou algum outro programa de TV. Portanto, fique atento a eventos em ambientes como os que ocorrem em câmaras de comércio, feiras de negócios, festivais de cinema, entre outros, pois são locais onde se misturam negócios e arte.

Muitas pessoas imaginam que se puderem frequentar os lugares que essas pessoas frequentam, então serão capazes de algum modo se aproximar e assim convencê-las de que são bons artistas ou que possuem um bom projeto. É um equívoco. Em geral os locais relevantes que essas pessoas freqüentam não aparecem na mídia. Você até poderá se aproximar delas em um coquetel, numa boite ou algum outro local badalado. Mas as chances são reduzidas de que você consiga conversar com elas ou que lhes dêem atenção. Além disso, são locais onde seu nervosismo provavelmente irá jogar contra você devido ao fato de que estarão cercadas e acima de tudo num momento pouco propício para se falar de trabalho e oportunidades.

Os locais onde você deverá procurá-las são outros. Terá de descobrí-las praticando seu hobby preferido, numa sessão de degustação de vinhos por exemplo, ou mesmo em um curso sobre feng shui, Yoga ou quem sabe, Marketing Pessoal. E sobre o que você irá conversar com elas nesse momento ? É claro, sobre o hobby, vinhos, feng shui, yoga e eventualmente Marketing Pessoal. Parece mais simples. De fato é, o que não significa que seja fácil fazê-lo. E além disso, não é gratuito.

O mesmo vale se você descobrir onde frequentam pessoas que são influenciadoras. Pode ser desde a filha do produtor, até mesmo o sócio de uma empresa patrocinadora de eventos culturais. Mas, não imagine que o auxiliar do diretor de TV irá encaminhar seu videobook. Ele tem mais o que fazer. Você deve procurar pessoas que possam interessar-se por seu trabalho e influenciar àquelas que decidem. Por óbvia que seja esta afirmação: nem todas as pessoas que trabalham com um diretor de TV, por exemplo, são capazes de influenciá-lo.

Você terá de inspirar às pessoas a ver e comprar seu talento. Para isso, sugiro um bom trabalho de desenvolvimento pessoal que pode ser conseguido através de leitura, preparo psicológico, orientação e até mesmo um personal stylist – como anda sua imagem?

Portanto, esteja preparado com recursos que possam valorizar seu trabalho. Um videobook é fundamental. Não se espera que uma atriz ou um ator queira mostrar seu talento através de fotos ou imagens estáticas. Melhor que no seu videobook existam trechos de sua interpretação em diversos contextos. Também descubra quais são seus pontos fortes e como valorizá-los. Não esqueça de trabalhar seus pontos falhos para fazê-los desaparecer paulatinamente e converse sempre com pessoas que possam orientá-lo sobre como aprimorar-se sempre. Já pensou em ter um coach (técnico particular) em Marketing Pessoal ? Os grandes artistas têm um.

Portanto, a fórmula é: desenvolva-se continuamente, procure por locais onde pessoas relevantes frequentem mas que sejam ambientes que permitam-no estabelecer uma conversa sobre temas diversos e inspire-as a dar-lhe uma oportunidade. Quando isso ocorrer, esteja preparado, com um excelente videobook e orientadores que possam auxiliá-lo na tarefa.

 

Autor: Silvio Celestino

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta